Altiplanos Andinos - ago/set 2013

Tocopilla, Iquique, Arica e Tacna

Depois de conhecer o Vale da Lua tocamos o barco para Tocopilla as margens do Pacífico. Como chegamos à noite e  Tocopilla é uma cidade portuária, camping nem pensar. Ficamos nas Cabanas Angol, o bacana é que havia na porta das cabanas uma viatura dos carabineiros. Perguntamos onde ficava os bancos (cajeros) e eles de pronto nos ofereceram uma carona na viatura deles ida e volta e lá fomos eu e a Claudinha dar um voltinha de camburão.

Próxima parada foi Iquique, cidade grande famosa por sua zona franca. Aí fizemos amizade com o Daniel, gerente de um restaurante japonês e claro saímos do orçanamento novamente.

Saindo de Iquique a alguns quilômetros à frente, demos uma parada  para conhecer a última salitreira do Chile a Humberstone, construída em 1872 pelos ingleses e fechada em 1959. Em 2005 ela passou a ser Patrimonio Histórico pela UNESCO.

Em Arica ficamos no Camping Alicanto e mais uma amizade fizemos com o administrador o Roland, grande figura.

Na fronteira do Chile com o Perú, deu uma zebra na maçaneta do nosso cafofo, e agora, estamos fritos. Como sempre um anjo aparece para nos ajudar nessas horas de sufoco. O Henrique que trabalha na manutenção deu um jeito de consertar e ainda nos levou para jantar em sua casa e conhecer sua família, nosso muito obrigado ao Henrique.

Nosso martírio principalmente o meu, começou a partir de Tacna, subir até Puno a 4800 metros de altitude. Seguindo conselhos de todo mundo, argentinos, chilenos, peruanos e brasileiros fui mascando  aquela coisa amargosa que é a folha de coca  todo o tempo. Não adiantou nada e duro foi por aquela coisa amarga para fora. Chegamos a noite em Puno mais isso é para o próximo post.

 

Policial chileno que nos deu carona até ao caixa eletronico.

Cabanas Angol em Tocopilla (Chile)

O Oceano Pacífico foi nosso companheiro durante muito tempo.

O gostoso de ser um overlander é ver as marcas deixadas pelos amigos no caminho, esta aí foi meu amigo Yamada que deixou entre Tocopilla e Iquique (Chi)

e a já conhecida frase de nosso Capitão Senra.

Restaurante onde paramos para pedir informação em Iquique.

Este é o Daniel gerente do restaurante, mais um amigo que fizemos.

Mais uma vez saímos do orçamento.

Depois de Iquique visitamos Humberstone a última salitreira do Chile.

E a melancolia da solidão do deserto.

Camping Alicanto em Arica (Chile).

Roland do Camping Alicanto mais um amigo que deixamos pelo caminho.

Entrando no Perú (país).

Henrique nosso anjo no Perú.

Praça das Armas no centro de Tacna (Perú)

Henrique y su familia una vez más, gracias.

Meu martírio começou novamente, saímos de 120m de altitude para 4800 m a caminho de Puno (Perú)

Pelo amor de Deus não me mandem mais marcar este treco, que para mim não adiantou nada.

Vejam a altitude.

Mas o visual recompensa.

Vale da Lua

Hoje nosso último dia em San Pedro de Atacama, o tempo amanheceu maravilhoso, nenhuma nuvem no céu. Diferente dos últimos dias em que melou todos os nossos passeios.

Para nossa sorte o Valle La Luna combina direitinho com este céu.

 

Vejam pelas fotos.

Filminhos do Vale da Lua

http://www.youtube.com/ watch?v=27X9pRdCJFE&feature=you tu.be

http://www.youtube.com/ watch?v=D0oF1YOFYpU&feature=you tu.be

http://www.youtube.com/watch?v=Egk5agY16EQ&feature=youtu.be

 

Colaboradores: