Chaiten, Quellon, Chonchi, Castro e Dalcahue

Chaiten, Quellon,  Chonchi, Castro e Daucahue

01/08 a 09/08/2015

Não sabemos se era por causa do mal tempo, ou se foi por uma batida que nos deram quando estávamos dormindo numa rua, quebrando a lanterna do suporte de bicicleta e o carro saiu em disparada, ou se era pela aparência de Chaiten. Uma cidade que foi quase totalmente dizimada em 2008 pelas cinzas do vulcão de mesmo nome, que entrou em erupção e que ainda mantem  as cicatrizes dessa catástrofe. Só sabemos que nosso astral estava pra baixo e estávamos doidos para ir embora dali.

Como a barcaça que nos levaria a Ilha de Chiloé até a cidade de Quellon, sai somente as terças feiras, teríamos que passar treis dias em Chaiten. Ficamos por ali, hora estacionados na praça usando a internet grátis do programa do governo, hora na costaneira olhando o mar, sempre debaixo de  chuva.

Enfim terça feira chegou e uma viagem que duraria 4 horas de Chaiten a Chiloé, durou 5 horas. Assistimos a 3 filmes na barcaça que já havíamos vistos, infelizmente é proibido por segurança viajar dentro dos automóveis, se não viajaríamos dentro da nossa casa.

Mareados e cansados chegamos a Quellon.

Enfim pegamos a barcaça para Quellon em Chiloé, foram quase 5 horas de travessia.

Depois de 3 dias em Quellon com tempo chuvoso, o sol apareceu e consegui bater esta foto do Vulcão Corcovado.

Mercado em Quellon salmão fresco é o que não falta.

Nosso camping em Quellon, Camping Netuno.

Em Quellon é o começo ou o término da Rodovia Panamericana que vai até Anchorage no Alaska são pouco mais de 21.000km, na prefeitura da cidade se consegui o certificado nominal  comprovando que  você esteve ali e claro conseguimos para nos dois.

Uma agradável surpresa foi a pequena cidade de Chonchi a 20 Km antes de Castro e entrada para o Parque Nacional Chiloé. Não fomos conhecer este parque porque as previsões eram de mais chuvas para os próximos dias.

Todas as casas na Ilha de Chiloé são de madeira e em Chonchi não seria diferente.

Nosso quintal em Chonchi, o estacionamento de um supermercado.

A madrugada foi bem gelada neste dia e o Popeye custou a acordar, enquanto o sol não derreteu o gelo ele não quis trabalhar.

A todo momento vemos sinais de que o Chile não pode se descuidar da ira da "naturaleza".

Despedimos de Chonchi.

Chegamos a Castro que é a capital da Província de Chiloé com 39 000 habitantes, bem grande para nossos padrões ultimamente. Como era sexta feira e final de tarde a cidade estava lotada, fomos almoçar num restaurante, passar no mercado pra comprar algumas coisas e partir para Dalchaue bem menor e a 20 km dali.

Interior da Igreja de São Francisco em Castro.

Mercado em Castro.

Chegamos na pequena Dalcahue com 12000 habitantes e nossa água já estava acabando, onde conseguir água para encher nossa caixa d'agua? No Corpo de Bombeiros é claro.

Depois um lugar para estacionar para passar o final de semana. Nada melhor que na praça do lado da Igreja, pena que estava em restauração e não pudemos conhece-la.

Preparando mariscada fresquinha e servida na hora, vamos encarar?

Um limãozinho....

Muito bom.

É bom, mas prefiro um torresminho "hidropônico" do mercado central de Belo Horizonte.

 

Estamos em Ancud, já no norte da Ilha de Chiloé, infelizmente o tempo não está colaborando muito. O frio até que dá pra suportar mas a chuva tira o brilho de tudo.

Nossa próxima parada será Puerto Montt pra trocar os filtros e óleo do Popeye e conseguir gás de cozinha.

 

 

 

 

 

Comentários  

Postado em: 2015-08-14 14:30 Postado por:Tércio
Mestre Silvan, tenho acompanhado sua viagem semanalmente. Fantástico, lugares maravilhosos... Desejo ótima viagem para você e sua esposa. A turma daqui da mina manda um abraço.

E aí meu amigo, realmente temos passado por locais maravilhosos é de tirar o folego. Obrigado por nos acompanhar e um grande abraço em voce e na rapaziada aí de Tamanduá.
Postado em: 2015-08-11 22:06 Postado por:Sérgio Rosa
Tudo bem por aí?
Curtindo bastante o passeio?
Lindas fotos hein!!!
Lugar bem bacana!
Saudades...
Fiquem com Deus!!!!

Tudo joia Sergio.
Cara esta tudo tranquilo, cada lugar bem bacana.
Saudades tambem, abração em voce e na Adelaine.
Fiquem com Deus.

Colaboradores: